Programas falsos, porque são perigosos?

Alguns softwares são nomeados “hoax”, isso significa que são softwares falsos. Os mais famosos, são programas de limpeza para tornar seu computador mais rápido.

Alguns programas para limpar o computador e melhorar seu desempenho forçam o usuário a pagar para se livrar das supostas ameaças detectadas. Mas existem duas funcionalidades chave que ajudam a diferenciar os verdadeiros dos programas falsos:Primeiro de tudo, programas falsos enganam deliberadamente o usuário, exagerando riscos ou, até mesmo, relatando erros inexistentes.

Em segundo lugar, ao invés de oferecer uma opção, obrigam o usuário a fazer uma compra garantindo que, se o pagamento não for feito, o problema não terá solução. Após a instalação, os programas falsos executam uma verificação do sistema e escaneiam tudo, modo de funcionamento parecido com os verdadeiros. Depois disso, o usuário vê uma janela com informações sobre os problemas detectados.

E esse é o principal problema com esse tipo de software malicioso. O usuário é intimidado por meio de mensagens sobre um número de erros enorme encontrados no sistema. Este é um exemplo de um “limpador” que exagera nos problemas potenciais com chaves de registro. Alguns programas falsos se recusam a fechar imediatamente se o usuário clicar no x, em vez disso, exibem outra janela com a mensagem intimidadora de “Nível de dano: alto”. Para resolver este problema, o usuário é instruído a comprar a versão completa do software. Se essa ação for executada, muitos desses programas maliciosos apagam o que encontraram no computador, mas a necessidade desses serviços é superestimada. Talvez alguns não limpem realmente o dispositivo, então, na melhor das hipóteses, o usuário gasta mais dinheiro e, na pior, não recebe nada em troca de seu investimento.

Por que os programas falsos são prejudiciais?

Consideramos importante avisar os usuários sobre esses programas falsos por vários motivos:

  • Os desenvolvedores desse tipo de software deliberadamente enganam os usuários, exagerando os riscos dos problemas detectados ou mesmo informando sobre outros que nem sequer existem.
  • Esses “serviços” podem ser muito caros.
  • Alguns programas falsos não resolvem nenhum problema, apenas fingem que corrigem erros.
  • Uma grande parte dos criadores de programas falsos também instala softwares que vão de adwares aos malwares mais extremos em seus programas.

Como se proteger contra softwares de programas falsos

Essas dicas de segurança na internet ajudarão a protegê-lo contra possíveis ameaças:

  • Ignore ameaças intimidadoras sobre vírus ou erros no seu computador exibidos por sites. Nunca clique em nenhum desses avisos, muito menos baixe ou instale qualquer coisa.
  • Selecione uma ferramenta de limpeza de qualidade, caso acredite que precisa de uma. Investigue um pouco e ouça os conselhos de publicações confiáveis.
  • Para evitar confrontos com programas falsos, instale uma solução de antivírus confiável que notifique sobre programas fraudulentos.

Comentários

Menu