Novidades da TI em 2019

7 Novidades em TI em 2019

Seja no desenvolvimento de novos produtos e serviços, seja na implementação de melhorias nos processos internos, o avanço das tecnologias da informação contribui para o aperfeiçoamento dos negócios.

1. Internet das Coisas (IoT)

Uma grande diversidade de “coisas” conectadas à rede já faz parte do cotidiano de muita gente. Desde automação com controle remoto (remoto de verdade!), até a contratação de um motorista via aplicativo, o fato é que as empresas ainda podem descobrir e lançar mão das vantagens da IoT. No âmbito corporativo, ela proporciona mais segurança e eficiência nos processos, além de favorecer uma tomada de decisão mais assertiva, conforme um grande volume de dados é reunido e analisado.

2. Inteligência Artificial (AI)

As aplicações tornam-se cada vez mais palpáveis principalmente no campo dos negócios, sob a forma de máquinas inteligentes (como veremos no próximo tópico).

Cabe destacar que o termo se refere aos sistemas computacionais desenvolvidos para imitar a inteligência humana. Assim, devem ser capazes de executar tarefas tais como o reconhecimento de imagens (alô smartphones!), de fala e até mesmo de padrões de tomada de decisão. Tudo isso de forma mais eficiente que o próprio raciocínio humano. Ou seja, com mais rapidez e mais precisão. Alguns exemplos para negócios são: assistentes virtuais, regulação médica, como a I.A. utilizada pela Infoway, assistentes virtuais, programação de veículos (como trens), entre outros.

3. Machine Learning, ou, Aprendizado de Máquina

Seguindo a linha da Inteligência Artificial, o Machine Learning veio para alavancar a produtividade. Com ele, as máquinas dispõem de computadores que fazem mais do que executar uma rotina pré-programada, como os tradicionais robôs em uma linha de produção comum. Nestas novas máquinas inteligentes, os computadores são programados para aprender a executar novas atividades não programadas. Eles operam por meio da descoberta de padrões a partir da análise de dados. Vale destacar que o Aprendizado de Máquina pode ser subdividido em dois tipos: o Aprendizado Supervisionado e o Não Supervisionado.

4. Automação de Processos Robóticos ou RPA

Mais uma tecnologia para automatizar o trabalho. Ela conta com o emprego de softwares para automatizar os processos dos negócios, como, por exemplo, processar transações, enviar respostas automáticas, etc. A RPA automatiza tarefas repetitivas, tradicionalmente executadas por operadores humanos. Vale destacar que aproximadamente 45% das atividades que realizamos cotidianamente podem ser automatizadas, mesmo em setores sensíveis, como  medicina e coordenação.

5. Blockchain

Fornece um sistema de segurança que é muito útil em vários escopos. A cadeia de dados que impede a alteração de informações anteriores garante também que ninguém tome o controle dos dados. Desta forma, o Blockchain elimina a necessidade de dispor de um terceiro elemento confiável para a validação ou supervisão de informações.

Assim, a tecnologia pode ser empregada, por exemplo, para a proteção de informações médicas. Além disso, pode ser empregada como proteção em toda uma cadeia de suprimentos, garantindo a segurança de patrimônios como arte e imóveis.

6. Edge Computing

Conforme o volume de dados com que lidamos aumenta, destacam-se as deficiências da computação em nuvem. Neste contexto, o Edge Computing é designado a solucionar alguns dos problemas oriundos da computação em nuvem, ou alguns dos gargalos que ela possui. Assim, esta tecnologia pode ser empregada para o processamento eficiente e seguro de dados sensíveis ao tempo em áreas remotas ou com problemas de conectividade. Nestes contextos, o Edge Computing pode ser uma ferramenta similar a um mini data center.

Cabe destacar que o Edge Computing avançará à medida que mais equipamentos com Internet das Coisas forem desenvolvidos e adotados no cotidiano.

7. Realidade Aumentada e Realidade Virtual

Estas novas tecnologias são voltadas para a experiência do usuário. Enquanto a Realidade Virtual o envolve em um ambiente novo, a Realidade Aumentada oferece aprimoramentos ao mundo real. Assim, quando se pensa na aplicação destas duas tecnologias, a primeira coisa que vem à mente são os jogos. Mas o fato é que elas podem ser usadas de muitas formas para aperfeiçoar diversos segmentos de negócios. Desde fornecer plataformas de treinamento seguras para os funcionários, até opções de terapia totalmente inovadoras.

Comentários

Menu