Como criar uma política de Backup para a sua Empresa

#1 Definir os dados

Mapear os locais e informações mais importantes de cada departamento para serem inclusos e separados por níveis para facilitar o restore.

#2 Responsabilidade do colaborador 

Definir a estrutura de pastas que irão para backup em cada máquina e manter a mesma nomenclatura de arquivos para todos.

#3 Frequência a ser executado 

Classificar a relevância e necessidades de cada máquina/departamento podendo nas estratégicas ter backup diário e em diretórios menos críticos em maior escalda de tempo.

#4 Tipos de Backup

Full – Completo, envia todos os arquivos, todas as vezes.

Diferencial – Analisa os arquivos mudados e cria cópia.

Incremental – Cria uma cópia de todos arquivos que mudaram desde o último backup.

#5 Benefícios 

Full – Único set de arquivos mas lento e bastante espaço.

Diferencial – Mais rápido que o full mas lento na execução.

Incremental – Rápido, menor espaço de armazenamento mas mais restore lento que os demais.

#6 Como e onde fazer

On-Primise – Servidores internos, Hds e Fitas.

Nuvem – Software identifica o tipo escolhido e envia cópias para um data center compartilhado pela internet.

#7 Checkout I

Se o setup de software e hardware estão em pleno funcionamento de acordo com a periodicidade definida.

#8 Checkout II

Se todos estão mantendo o padrão definido na política de backup.

#9 Checkout III

Se os arquivos do backup não corromperam de algum  modo durante a gravação.

#10 Segurança dos dados 

O backup é indispensável para manter a empresa em funcionamento em caso de necessidade de restore, para segurança completa utilizado também firewall UTM e antivírus corporativo

Comentários

Menu